Hormônio masculino no sistema cardiovascular

O hormônio masculino, a testosterona, se estiver baixa, quando normalizada, melhora a força muscular e o performance físico do organismo. Ele age diretamente e/ou nos receptores de membrana da músculo estriado do nosso organismo e inclusive no miocárdio. Por esta razão, a queda do hormônio masculino sanguíneo causa perda da massa muscular, com consequente atrofia.…