EnglishPortuguês

Câncer de próstata – Sinais e sintomas

Câncer de próstata - Sinais e sintomas

O câncer de próstata na fase inicial da doença não produz sinais e sintomas significativos. O câncer ocorre em pacientes mais velhos do que a hiperplasia benigna da próstata. Por volta dos dos 65 para 70 anos.

Sinais e sintomas do câncer de próstata

Podem ocorrer os mesmos sinais e sintomas miccionais relacionados ao HPB. O crescimento da hiperplasia benigna da próstata ocorre no início da idade adulta. Contudo, seus sinais e sintomas vão ocorrendo lentamente conforme a obstrução da uretra prostática vai piorando. Muitas vezes tão lentamente que os pacientes acham que estão urinando bem. Contudo, na anamnese se vê o quanto podem estar urinando mal e por vezes prejudicando sua qualidade de vida. Alguns urinam aos poucos e acordam várias vezes, interrompendo o sono e desta maneira ficando o dia sonolento e cansados. Portanto, devem ser tratados.

Ao diagnóstico deve-se investigar os sinais e sintomas miccionais relacionados a obstrução do trato urinário inferior. A doença clínica está relacionada ao envelhecimento. Mais de 80% vão ter câncer de próstata após os 80 anos. Todavia, os pacientes clinicamente sintomáticos são pouco mais de 30%. Algumas vezes se observa nos portadores de câncer de próstata uma piora dos sinais e sintomas nos últimos meses. Isto pode ser explicado pelo crescimento mais acelerado da neoplasia, que causa piora na obstrução da uretra prostática.

Câncer de próstata - Sinais e sintomas
Câncer de próstata – Sinais e sintomas

Os sinais e sintomas são intensos no estágio mais avançado da doença. Desta maneira, os sintomas urinários estão muito relacionados ao grau de obstrução prostática. Quanto mais obstruído, pior será a força do jato miccional e os sintomas relacionados ao esvaziamento vesical. Se você quiser saber sobre prevenção do câncer de próstata.

Câncer de próstata avançado

O câncer de próstata avançado significa que a doença saiu dos seus limites. Portanto, apresenta metástases, seja para linfonodos pélvicos e/ou abdominais como para os ossos.

A metástase óssea acontece os ossos do esqueleto axial, bacia, terço proximal do fêmur, coluna vertebral e arcos costais. Contudo, as metástases podem acometer poucos ossos ou a totalidade do esqueleto. O exame que mostra bem a extensão da doença nesta fase é a cintilografia óssea, ressonância nuclear magnética, tomografia computadorizada e o PET-CT. Portanto, quantos mais ossos estiverem acometidos, maior é a extensão e gravidade da doença.

As metástases ósseas são as mais frequentes. Porém existem casos que ocorrem metástases apenas para os linfonodos. Na fase mais avançada, a doença pode acometer vísceras como fígado, pulmão e cérebro. Todavia, a transformação da neoplasia é tão intensa nesta fase que não lembram as células da próstata na avaliação microscópica. Por isso, são carcinomas indiferenciados da próstata. Desta maneira, estes pacientes ficam emagrecidos e com anorexia extrema.

Nesta fase a doença já pode ser mais sintomática pelo seu acometimento sistêmico. Pode ocorrer dor no local das metástases, emagrecimento, pela perda do apetite, infecções do trato respiratório e urinário, anemia, falta de ar e fraqueza.

Nem todo paciente portador na sua forma avançada vai apresentar dor. Entretanto, quando a doença acomete os nervos pode ocorrer dor de forte intensidade. As vezes, medicamentos potentes são usados para seu alívio. O tumor pode comprimir a medula espinhal causando perda da força dos membros inferiores, constipação ou incontinência urinária e fecal. Por isso, a radioterapia aplicada sobre estas lesões pode aliviar a dor rapidamente.

Tratamento no câncer de próstata avançado

Na fase final da doença há emagrecimento acelerado, causado pela anorexia. Pode ser tão extremo a ponto dos ossos ficarem expostos, mostrando os sinais da caquexia. Desta maneira, as forças vão se exaurindo e cada pequeno movimento pode exigir uma força muscular sobrenatural do paciente.

Algumas vezes, os pacientes são encaminhados a especialistas para tratamento da dor. Contudo, alguns pacientes com doença avançada podem simplesmente não apresentar dor. Os sinais e sintomas estão relacionados aos locais onde as metástases ocorrem.

Uma luz no tratamento destes pacientes se abriu no fim do túnel. Até poucos anos atrás, os tratamentos visavam a melhoria da qualidade de vida. Entretanto, novas terapias para os pacientes com câncer avançado da próstata foram introduzidas nos últimos anos. Desta maneira, estas drogas estão prolongando a vida destes pacientes. Além disso, elas estão melhorando a qualidade de vida desses pacientes. Saiba mais sobre diagnóstico e tratamento do câncer de próstata.

Muito importante é a educação e o acesso dos homens para a investigação do câncer de próstata na sua fase inicial. Estes pacientes se curam em mais de 90%. Mesmo em países com maior educação, os homens pouco sabem sobre o assunto. Na Inglaterra se estima que 1 em 5 homens sabem que tem esta glândula. Portanto, a falha educacional ainda é muito grande. Muitas doenças podem ser curadas pela simples educação.

Contudo, caso você queira saber mais sobre esta e outras doenças do trato gênito-urinário acesse a nossa área de conteúdo para pacientes para entender e ganhar conhecimentos. A cultura sempre faz a diferença. Você vai se surpreender!

Referências

https://uroweb.org/guideline/prostate-cancer/#6

https://www.cancer.org/cancer/prostate-cancer.html

http://www.auanet.org/guidelines/clinically-localized-prostate-cancer-new-(aua/astro/suo-guideline-2017)

https://www.drfranciscofonseca.com.br//como-realizar-a-prevencao-do-cancer-de-prostata/

https://www.bbc.com/portuguese/geral/2016/05/160501_prostata_lab

× Agende sua consulta