câncer de mama e risco para câncer de próstata

Classificação PI-RADS no câncer de próstata

A classificação PI-RADS no câncer de próstata é utilizada para classificar pacientes em grupos de risco. Ela é baseada nas imagens feitas pela ressonância nuclear magnética (RNM). Atualmente, é o melhor exame para visualizar a anatomia da próstata. Pode localizar a lesão suspeita. Além disso, pode mostrar a extensão extra capsular do câncer, comprometimento linfonodal…

deficiência de testosterona

Deficiência de testosterona e suas doenças associadas

A deficiência de testosterona é prejudicial a fisiologia masculina. Ela exerce um importante papel metabólico em muitos tecidos e órgãos. Desta maneira, atua na manutenção da saúde do homem. A testosterona apresenta múltiplas funções fisiológicas para regulação do metabolismo de carboidratos, proteínas e lipídeos. A testosterona regula: o crescimento muscular, o metabolismo ósseo, o metabolismo cerebral,…

nedrectomia radical

Nefrectomia: pode ser retardada no câncer renal?

Nefrectomia Pode-se observar alguns pacientes com suspeita ou com biopsia positiva para câncer renal e não realizar nefrectomia de imediato. Nem todas massas renais são realmente carcinomas. Por consequência, seguimento com exames de imagem de repetição é adequada. Entretanto, se ocorrer progressão deve-se realizar nefrectomia parcial, retirada apenas do tumor renal ou a radical, retirada de todo…

cistectomia

Cistectomia – O que você precisa saber

A cistectomia é um desafio para qualquer cirurgião oncológico. Portanto, para o seu êxito, deve-se seguir etapas técnicas muito bem planejadas. Nada adianta o paciente ser operado pelo melhor cirurgião, se a sua volta não existir uma equipe multidisciplinar. A cistectomia radical no homem consiste na remoção da bexiga, próstata, vesículas seminais. Além disso, a linfadenectomia…

câncer de próstata

Incontinência urinária masculina – Como ocorre?

Incontinência urinária masculina é definida como a perda involuntária de urina secundária à insuficiência da resistência do esfíncter uretral. Desta maneira, pode ser desencadeada por qualquer esforço físico, desde pequeno até intenso. Ao esforço físico ocorre aumento da pressão abdominal. Assim, a pressão sobre a bexiga ultrapassa a resistência de fechamento da uretra. Todavia, a perda…