câncer de próstata

Incontinência urinária masculina – Como ocorre?

Incontinência urinária masculina é definida como a perda involuntária de urina secundária à insuficiência da resistência do esfíncter uretral. Desta maneira, pode ser desencadeada por qualquer esforço físico, desde pequeno até intenso. Ao esforço físico ocorre aumento da pressão abdominal. Assim, a pressão sobre a bexiga ultrapassa a resistência de fechamento da uretra. Todavia, a perda…

disfunção erétil

Disfunção erétil – Qual é a solução?

Disfunção erétil é definida como a incapacidade persistente para atingir e manter a ereção peniana firme para permitir o desempenho sexual satisfatório. Entenda mais sobre disfunção erétil. Ter ereção noturna ou acordar com ereção matinal revela a integridade vascular e neurológica peniana. As fases da ereção e detumescência, ou seja, perda da ereção do pênis:…

vigilância ativa

Vigilância ativa no câncer de próstata

Sim, pode-se realizar vigilância ativa. Atualmente, não se oferece tratamento a pacientes portadores de câncer de próstata localizado classificados como de muito baixo risco e baixo risco. Portanto, ao progredirem, deve-se iniciar o tratamento com finalidade curativa. O objetivo é diminuir o excesso de tratamento, e desta maneira diminuir as suas complicações. Existe uma enorme variedade de câncer…

falha das drogas no HPB

Cirurgia robótica – Veio para ficar?

Cirurgia robótica veio para ficar, mas ainda em nosso país é pouco utilizada pelos seus gastos. É restrita a classe social mais alta. Todas as outras técnicas de cirurgia obtém os mesmos resultados funcionais e de cura para doença em tratamento. Em algumas situações clínicas, sem dúvida, realmente a cirurgia robótica é mais vantajosa. Expansão da cirurgia…

ejaculação retrógrada

Ejaculação retrógrada – Tudo sobre o assunto

O que é ejaculação retrógrada? A ejaculação retrógrada e anejaculação, ou seja ausência de ejaculação anterógrada são processos fisiológicos caracterizadas pela ausência de propulsão do sêmen anterógrada pela uretra. Portanto, não há sêmen na fase de emissão. Desta maneira, pode ocorrer pela ausência da eliminação anterógrada ou expulsão retrógrada do sêmen para a bexiga. Portanto, há infertilidade. A…