EnglishPortuguês

Jato fraco – Estou urinando bem?

jato fraco

Jato fraco, interrompido, com dor ao urinar, com urgência, em pequenos volumes, muitas vezes durante o dia e a noite. Assim, é um problema visto comumente no envelhecimento. Entretanto, a pessoa está urinando com jato fraco há anos e naturalmente acha que é normal. Por isso, deve-se ter como referência para a força do jato miccional normal, a maneira de urinar quando somos jovens. Portanto, deve-se posicionar o paciente que no seu passado o jato era forte e com rápido esvaziamento vesical. Além disso, sem gotejamento terminal e micção em dois tempos e sem esforço miccional inicial. Assim sendo, sempre se deve realizar uma anamnese minuciosa.

Afinal, entender a clínica é fundamental. A sua principal causa é a hiperplasia benigna da próstata. Caso queira saber mais, entenda por que a porque a próstata cresce.

Aliás, jato fraco é um dos principais sintomas da pessoa que está com obstrução do trato urinário inferior (LUTS), observados principalmente em pacientes com HPB (hiperplasia benigna da próstata). Desta maneira, ela inicia seu crescimento após os 25 anos de idade e por isso, com o envelhecimento vão ocorrendo a progressão dos sintomas obstrutivos do jato urinário.

Questionário para avaliação miccional

Para saber como você esta urinando, responda o questionário abaixo para avaliar sua situação urinária atual.

Jato fraco - Estou urinando bem?
Jato fraco. Estou urinando bem?

Todas as perguntas devem ser respondidas por uma média de como você urinou no último mês. Todavia, você não pode ser avaliado por este escore caso apresente suspeita de infecção do trato urinário, por que eles vão exacerbar seus sintomas. Assim, com a infecção bacteriana, a urina fica com odor forte, com sedimentos e com sintomas irritativos, tais como urgência e dor na uretra ao urinar. Saiba mais sobre os sinais e sintomas do HPB.

Classificação do escore: I-PSS

Este questionário de sintomas, chamado de I-PSS (International Prostate Symptom Score) é o adotado pela sociedades brasileira, americana e europeia de urologia. Contudo, há limitação do I-PSS para estimar o incômodo associado a cada sintoma individual, se você apresentar sintomas referentes de incontinência urinária.

Entretanto, a avaliação precisa é feita em conjunto dos sintomas associados aos exames de imagem e laboratoriais.

Além disso, várias doenças sistêmicas, estado emocional atual, ou seja, estresse. Até mesmo, remédios de uso crônico que você utiliza podem piorar os seus sintomas urinários. Aliás, pouca atenção é dada sobre este assunto. Entretanto, muitos sintomas são causados por remédios. Portanto, esteja alerta!

Responda o escore de sintomas

 No último mês Nenhuma Menos de uma  vez Menos da metade das vezes Metade das vezes Mais da metade das vezes Quase sempre
Quantas vezes teve a sensação de não esvaziar completamente a bexiga após terminar de urinar?

0

1

2

3

4

5

Quantas vezes teve que urinar novamente em menos de 2 horas após ter urinado?

0

1

2

3

4

5

Quantas vezes observou que ao urinar, parou e recomeçou várias vezes?

0

1

2

3

4

5

Quantas vezes observou que foi difícil conter a urina?

0

1

2

3

4

5

Quantas vezes observou jato fraco?

0

1

2

3

4

5

Quantas vezes teve que fazer força para começar a urinar?

0

1

2

3

4

5

Quantas vezes, em média, teve que se levantar à noite para urinar?

0

1

2

3

4

5

O resultados das suas respostas devem ser somadas, o que gerará um total, que varia de 0 a 35 pontos.

Portanto, quanto maior for o escore dos sintomas, maior será o impacto na sua qualidade de vida. Por consequência, escores maior de 20, mostram que você está urinando mal e por isso com piora importante na sua qualidade de vida.

Vejamos um exemplo, pessoas que acordem para urinar 2 vezes a noite e que tenham um bom sono podem fazê-lo sem grandes prejuízos para o bem estar do dia seguinte. Entretanto, tal fato não é verdadeiro, caso a pessoa sofra para voltar a dormir. Portanto, este último paciente passa o dia sonolento. Além disso, causando enorme impacto negativo na sua qualidade de vida. Assim, prejudicando sua atividade motora e o que é pior, a intelectual. Assim, não menos importante, pode ocorrer perda da atenção e do raciocínio. Afinal e por tudo isto, pode ser prejudicada suas atividades diárias.

Portanto, o tratamento com sua resolução, certamente causará grande melhora no seu bem estar.

Além disso, vale ressaltar que estes pacientes estão mais predispostos a sofrerem acidente vascular cerebral, infarto agudo do miocárdio e até mesmo, quedas acidentais com fratura durante a noite.

Especificamente, estes pacientes estão mais vulneráveis a desenvolverem infecção do trato urinário, cálculos na bexiga, retenção urinária aguda, perda da função renal por causar um regime de pressão alta dentro da bexiga, ou seja, por ser transmitida os rins. Tudo isso, por consequência, causado pelo mal esvaziamento da bexiga e por isso, o paciente fica com sensação de bexiga cheia.

O que você precisa fazer conforme o seu resultado?

A conduta a ser tomada está relacionada aos pontos observados no escore de sinais e sintomas (LUTS). Esta classificação é conhecida de I-PSS. Desta maneira, como se pode avaliar se os sintomas do HPB, LUTS. Assim, na sua fase mais avançada, o jato urinário é fraco. Portanto, esta situação pode ser extremamente incomodativa durante o dia. Desta maneira pode exigir atenção constante aos sintomas que podem ocorrer a qualquer momento, com desconforto miccional severo. Assim, esta situação é chamada de urgência urinária.

  • Zero, você é assintomático.
  • De 1-7 pontos, sintomas leves, portanto, você não precisa se preocupar por que provavelmente as coisas estão bem.
  • Entre 8 e 19 pontos, sintomas moderados, portanto, você já precisa ser avaliado por um especialista e portanto, poderá ser tratado com remédios.
  • De 20 a 35 pontos, sintomas severos, portanto, você está com problemas. Por consequência, você deve ser avaliado com exames de imagem e portanto, poderá ser tratado com medicamentos ou até mesmo, ser operado da próstata. Geralmente é causado pelo crescimento benigno da próstata, conhecida como hiperplasia benigna da próstata (HPB). Desta maneira, nesta cirurgia é realizada a desobstrução com aparelhos passados através da uretra. É a chamada cirurgia minimamente invasiva. Saiba mais em: retenção urinária e quem precisa do HoLEP.

Concluindo,

Por fim, conforme cada graduação, o urologista planejará o seu acompanhamento. Então, você será investigado de acordo com sua evolução clínica. Portanto, cada escore de sintomas exige uma conduta terapêutica.

Lembre-se contudo, que urinar com jato fraco pode ser causado por doença que estejam ocorrendo na bexiga, próstata e/ou uretra. Raramente, pode ocorrer problemas em dois ou nos três desses órgãos ao mesmo tempo. De maneira geral, com o envelhecimento há queda progressiva da qualidade da micção. Todavia, tenho clientes com mais de 80 anos que urinam muitíssimo bem e inclusive sem acordar a noite para urinar. Contudo, esses pacientes ocorrem em menos de 5%. Leia também: sinais e sintomas do HPB e porque a próstata cresce.

Contudo, caso você queira saber mais sobre esta e outras doenças do trato gênito-urinário acesse a nossa área de conteúdo para pacientes para entender e ganhar conhecimentos. São mais de 140 artigos sobre diversos assuntos urológicos disponíveis para sua leitura. A cultura sempre faz a diferença. Você vai se surpreender!

Referência

http://www.auanet.org/guidelines/surgical-management-of-lower-urinary-tract-symptoms-attributed-to-benign-prostatic-hyperplasia-(2018)

https://uroweb.org/guideline/treatment-of-non-neurogenic-male-luts/

https://www.drfranciscofonseca.com.br//sinais-e-sintomas-da-hiperplasia-begnina-da-prostata/

× Agende sua consulta